Arquivo da tag: Arch Enemy

Resenha: Arch Enemy – War Eternal

arch enemy war eternal

A perda de um vocalista é sempre um momento crítico para uma banda. Afinal quase sempre esse integrante não representa apenas a voz da banda, mas também a cara. E quando uma mulher é a dona do cargo, tudo fica ainda mais complicado.

Por quase 15 anos, o Arch Enemy teve a endiabrada Angela Gossow como vocalista. A loira, admirada até mesmo por quem não era assim tão chagado no death metal melódico, foi alçada a status de musa e parecia ser peça insubstituível na banda.

Mas há poucos meses, Angela anunciou que estava deixando os palcos – embora vá continuar como empresária do Arch Enemy. Sua substituta, a canadense Alissa White-Gluz, é ex-vocalista do The Agonist e tem tudo para ocupar o posto com louvor. Ela é absolutamente talentosa, agressiva e também fortíssima candidata a musa.

“War Eternal” é o primeiro lançamento com essa nova configuração e tem muito potencial para deixar felizes todos os antigos fãs, além de angariar novos. Trata-se de um trabalho feito com muito capricho, da arte gráfica até a produção em si. Quem cuidou do que diz respeito ao áudio, inclusive foi o próprio fundador, guitarrista e tecladista Michael Amott.

O repertório é um verdadeiro massacre, mas nunca soa monótono. O Arch Enemy alterna passagens velozes com outras mais cadenciadas e cria melodias marcantes em meio ao caos – ainda que cantadas de forma demoníaca – e até traz referências eruditas.

O entrosamento entre os integrantes é total, mas o ponto forte é, mais uma vez, o trabalho de guitarras, com riffs, licks e solos de primeira categoria. Vale mencionar que o parceiro de Amott agora é Nick Cordle, que também ajudou bastante na composição de “War Eternal”.

Alissa White-Gluz faz sua parte como gente grande, sem se intimidar. Sua voz é tão assustadora quanto a de Angela, mas ainda mais versátil. Isso significa que ela consegue ir facilmente do gutural até o mais rasgado e ainda faz uma coisa ou outra mais ‘clean’. Brilhante.

Nem toda mudança é acertada, mas esta foi um golaço do Arch Enemy, que parece ter ganhado fôlego para mais muitos anos de estrada.

01. Tempore Nihil Sanat (Prelude in F minor)
02. Never Forgive, Never Forget
03. War Eternal
04. As The Pages Burn
05. No More Regrets
06. You Will Know My Name
07. Graveyard Of Dreams
08. Stolen Life
09. Time Is Black
10. On And On
11. Avalanche
12. Down To Nothing
13. Not Long For This World

Fonte: Rock Online

 

Arch Enemy – No More Regrets

arch enemy-2014

O Arch Enemy lançou o clipe de “No More Regrets”, faixa que faz parte de seu novo álbum, War Eternal. Assista mais abaixo.

O nono registro de estúdio do grupo será lançando no dia 9 de junho na Europa via Century Media Records. A produção ficou a cargo de Jens Bogren (Opeth, Paradise Lost, Kreator). As gravações aconteceram no Fascination Street Studios em Örebro (SUE).

Arch Enemy: “War Eternal” será lançado em versão nacional

arch enemy-2014

O álbum de estreia de Alissa White-Gluz como a nova vocalista do Arch Enemy, War Eternal, terá versão nacional em CD lançada em breve pela parceria Rock Brigade Records/Valhall Music. O lançamento oficial no exterior do décimo registro de estúdio da banda de death metal melódico — formada em 1995 pelo ex-Carcass Michael Amott — é nesta segunda-feira, 9, em diversas versões.

War Eternal foi produzido pela própria banda e mixado e masterizado por Jens Bogren, no Fascination Street Studio, onde já foram lapidados álbuns do Opeth e Paradise Lost. São 13 faixas que resgatam a agressividade de álbuns mais antigos em compasso à novas perspectivas de como o Arch Enemy também pode criar composições cadenciadas e pesadas ao mesmo tempo.

Além de Alissa no lugar de Angela Gossow, o guitarrista Nick Cordle, que substitui Christopher Amott, é mais um novo integrante no Arch Enemy — ele fez parte da banda de death metal Arsis em um único álbum, Starve For The Devil(2010).