Arquivo da tag: depressed

Biografia:Depressed-O retorno do Death Metal anos 90

1291732_506786806077959_32954806_n1

1291788_506789952744311_221566941_n 1208700_506789966077643_1012277610_n 1167754_506789962744310_1329592425_n 913187_506789949410978_1899189135_n 1167910_506789969410976_279004278_n

fotos por Edu Lawless

A banda Depressed, foi formada em agosto de 1998 por Giovani Venttura (Vocals), Rodrigo Jardim (Guitars), Carlos Anthon (Bass) e Herbert Adriano (Drums).
No início, procuravam por um nome brutal mas, que fugisse dos nomes comuns de bandas de Death Metal. Numa matéria jornalística, descobriram que algumas atrocidades tais como, assassinatos, assassinatos em série, suicídios, suicídios coletivos, estupros, chacinas, esquartejamentos e outras formas brutais de morte estavam diretamente ligados à pessoas em profundo estágio de depressão, ou seja, totalmente depremidas (Depressed) e por isso, esse nome que remete à bandas de Doom ou Gothic, em uma banda tradicionalmente de Death Metal.
Passaram então, os anos de 98/99 compondo suas músicas e ensaiando incessantemente para aprimorá-las e gravá-las. Líricamente a idéia anti-cristã, anti-religiosa, insana e às vezes absurda davam o tom ideológico das músicas. Mesmo sempre pregando muito ódio à toda essa hipocrisia cristã, a Depressed se deixou aventurar por lados irônicos e até splatter em seu conteúdo lírico. Musicalmente, a banda nutria (nutre) um fascínio por bandas como Deicide, Sinister, Morbid Angel, Monstrosity, Luciferion, Death… entre outras, mantendo as características norte-americanas no seu som. Nos dias 14 e 15 de setembro de ‘99 entram no Magic Studios no Tatuapé, SP e realizam as gravações da demo “Diabolical Servants Of The Cross” sendo, metade das gravações ao vivo e uma das guitarras base, solos e vocais separadamente. Após essa produção, passaram a preparar-se para os shows.
O primeiro e único deles ocorreu em 30/10/99. Depois disso, a banda começou a entrar num pequeno declive: Em Fevereiro do ano de 2000 o baixista Carlos Anthon anuncia sua saída. Esse fato foi extremamente negativo para a banda porque, além de baixista, Carlos ainda sedia sua casa para os ensaios e sua saída não significava apenas a perda do baixista mas também, que a banda estava sem local de ensaio. Ainda em Abril de 2000 o Baterista Herbert Adriano também anuncia sua saída. A partir disso, os remanescentes Giovani Venttura e Rodrigo Jardim resolveram seguir seus caminhos: Giovani foi para o Violent em 2001, teve uma breve passagem pelo Chaos Inc. em 2009. Já Rodrigo passou um tempo tocando em bandas e projetos de pop-rock. Fizeram duas tentativas de volta: A primeira em Março de 2010 e a segunda exatamente um ano depois. Nestes dois ensaios, contando com Rene Simionato (Guillotine) nas baquetas. No início do ano de 2012, Giovani, Rodrigo e Rene decidiram reativar de vez a banda com os novos e excelentíssimos integrantes Rodrigo Amorim (guitars) e Stella Ribeiro (Bass) que encaixaram- se perfetamente à proposta da banda . Agora com a formação estabilizada, a Depressed ensaia intensamente as antigas composições e Já se encontra em avançado processo de gravação para lançar seu primeiro album a ser chamado Afterlife In Darkness e também, destruir tudo ao vivo com uma música que funciona como uma unidade sonora agressiva, densa, desgraçada e totalmente maléfica e intensa!!!!
Death fucking metal rules!!!!

Depressed Is:

Giovani Venttura – Vocals & Diabolcal Screams
Rodrigo Jardim – Guitars
Rodrigo Amorim – Guitars
Stella Ribeiro – Bass
Rene Simionato – Drums