Arquivo da tag: Sepultura

Sepultura faz show no Sesc Sorocaba dia 18-03

sepultura

O Sesc Sorocaba recebe no dia 18, às 20h, o grupo Sepultura. Considerada uma das maiores bandas de heavy metal do mundo, em um show especial em comemoração aos seus 30 anos de carreira. Além de apresentar canções do álbum “The mediator between head and hands must be the heart”, lançado em 2013, o repertório inclui clássicos de todas as épocas da banda, como os discos “Chaos A.D”, “Arise” e “Roots”, que completa 20 anos em 2016.

QuandoSexta, 18/03 às 20h

Fique AtentoA venda de ingressos online começam dia 01/03 e nas unidades começam no dia 02/03

PreçoR$ 40,00 (inteira)
R$ 20,00 (meia)
R$ 12,00 (credencial plena)

LocalSesc Sorocaba – Rua Barão de Piratininga, 555 – Jardim Faculdade

Andreas Kiisser, comenta a decisão dos irmãos Cavalera em Tocar “Roots” na integra

frases_andreas_kisser

Nem todo mundo está feliz com anúncio dos irmãos Max e Igor Cavalera, fundadores do Sepultura e hoje juntos no Cavalera Conspiracy, de que vão comemorar os 20 anos do álbum “Roots” tocando o disco na íntegra em shows nos Estados Unidos.

Andreas Kisser, guitarrista do Sepultura, disse ter estranhado a decisão dos irmãos de comemorar o disco mais vendido da carreira da banda, superando a marca de 2 milhões de cópias vendidas, lançado em fevereiro de 1996.

Kisser explicou  que o Sepultura sabe da importância da data, mas diz que não serão feitos shows ou eventos relativos a “Roots”. E deu sua opinião sobre o anúncio dos ex-companheiros.

Sepultura-Roots

“Eu acho, no mínimo, estranho. Não vejo muito sentido nisso. Até porque o ‘Roots’ é um disco difícil para se ter essa pretensão de tocar na íntegra. Tem jams, partes acústicas, são 16 músicas e é longo para um show completo… Mas, não sei qual é a ideia que eles têm de fazer isso”, afirmou Kisser. “Achei meio melancólico, sei lá. Eles escolheram sair da banda e agora fazem uma celebração fora da banda… Mas, cada um é cada um”, completou.

“O ‘Roots’ sempre foi uma influência, independentemente de aniversário. Procuramos sempre algo novo, não faz muito parte do Sepultura ficar revisitando o que já fizemos. Para esse aniversário do ‘Roots’ não temos planos, acabamos de celebrar 30 anos de carreira com uma turnê, então estamos focados no material novo. Começamos a compor e em maio vamos para o estúdio gravar, para lançar em outubro mais ou menos”, prevê Andreas Kisser.

Kisser explicou que o Sepultura já está em outra “pegada”. A banda está em estúdio iniciando a produção de um novo álbum, sucessor de “The Mediator Between Head and Hands Must Be the Heart”, que teve boa repercussão em 2013. Apesar da data especial de “Roots”, ele não é uma influência específica para o novo trabalho – do qual o guitarrista prefere não dar detalhes.

 

Sepultura: show no Rock in Rio USA disponível na íntegra

sepultura

O SEPULTURA tocou no Rock in Rio USA no último final de semana. Além do tradicional som da banda, a surpresa ficou pela aparição do guitarrista Steve Vai, que tocou duas músicas com o grupo.

A mais esperada de todos, “Roots Bloody Roots”, com Vai, começa aos 49 minutos.

Setlist:

The Vatican
Kairos
Propaganda
Breed Apart
Manipulation of Tragedy
Dialog
Sepultura Under My Skin (nova música, estreia ao vivo)
Arise
Refuse/Resist
Kaiowas / Bad Horsies (com Steve Vai)
Roots Bloody Roots (com Steve Vai)

Confira:

Sepultura: Show do último Rock in Rio será lançado em DVD

O lendário grupo brasileiro Sepultura lançará um novo DVD/Blu-ray, intitulado Sepultura With Les Tambours Du Bronx: Metal Veins – Alive At Rock In Rio, no dia 15 de setembro via Eagle Rock Entertainment. O DVD foi gravado na última edição do Rock In Rio, no dia 19 de setembro de 2013. Na performance, a banda estava acompanhada do grupo frânces de percusão Les Tambours Du Bronx.

 

Sepultura With Les Tambours Du Bronx: Metal Veins – Alive At Rock In Rio é primeiro lançamento ao vivo do Sepultura desde 2005, e o primeiro Blu-ray do grupo.

 

O setlist da apresentação foi o seguinte:

 

01. Kaiowas

02. Spectrum

03. Refuse/Resist

04. Sepulnation

05. Delirium (Les Tambours Du Bronx cover)

06. Fever (Les Tambours Du Bronx cover)

07. We’ve Lost You

08. Firestarter (The Prodigy cover)

09. Requiem (Les Tambours Du Bronx cover)

10. Structure Violence (Azzes)

11. Territory

12. Big Foot (Les Tambours Du Bronx cover)

13. Roots Bloody Roots

Sepultura e Krisiun convocam os fãs para shows no Rock in Rio

sepulkrisiun[1]
Não são apenas os astros da música internacional que estão ansiosos para subir logo no palco do Rock in Rio. Os guitarristas Andreas Kisser e Max Kolesne, dois ícones do heavy metal brasileiro no exterior, enviaram mensagem convidando os fãs das bandas Sepultura e Krisiun para prestigiarem ambas as apresentações no renomado festival.
O Sepultura será a única atração do evento que fará duas performances. O grupo abre o Palco Mundo, no dia 19 de setembro, repetindo a bem-sucedida exibição ao lado do Tambores du Bronx, sucesso nas edições do Rock in Rio 2011 e Rock in Rio-Lisboa 2012. A outra será, no dia 22, relembrando a parceria com o cantor paraibano Zé Ramalho, fechando o Palco Sunset.
Já o Krisiun, após tocar nos principais festivais da Europa e EUA, finalmente estreia no Rock in Rio, no dia 22 de setembro, no Palco Sunset. Reconhecidos como um dos principais nomes no atual cenário da música pesada mundial, Alex Camargo (baixo/vocal), Moyses Kolesne (guitarra) e Max Kolesne (bateria) fazem show em conjunto com os alemães do Destruction.
Confira a mensagem

Documentário sobre o Sepultura sem o Max Cavalera?

maxelo022

O guitarrista e vocalista Max Cavalera, atualmente no Soulfly, mas conhecido mundialmente por ser um dos fundadores do Sepultura, disse em entrevista ao jornal Folha de São Paulo que não está sabendo nada sobre o documentário do Sepultura.

O músico, que esteve no Brasil recentemente se apresentando com sua banda para divulgar o disco “Savages”, disse não ter sido convidado a participar de nenhum documentário: “Acredito que se alguém quiser fazer um documentário sobre o Sepultura, no mínimo eu deveria ser entrevistado no filme, pois ajudei a formar o grupo”, disse Max.

O documentário sobre o Sepultura foi anunciado como um projeto a ser financiado colaborativamente. A campanha, feita em conjunto com a InterFace Filmes, pretendia arrecadar US$ 100 mil mas não atingiu o valor no prazo estipulado.

O cineasta Otávio Juliano, responsável pela direção do documentário, acompanhou durante os três últimos anos o cotidiano do Sepultura em suas turnês, realizando entrevistas e captando imagens inéditas dos integrantes da banda de heavy metal. Além disso, foi o responsável por realizar uma seleção de vídeos caseiros do Sepultura dos últimos 30 anos. Não há previsão para o lançamento deste documentário.

Já o ex-integrante da banda, Max Cavalera, está prestes a lançar sua autobiografia, na qual conta, entre muitas outras histórias, a sua saída do Sepultura e a briga com o irmão e ex-companheiro da banda, Igor. O livro virá com prefácio foi escrito por Dave Grohl, do Foo Fighters.

Sepultura revela capa e track list do novo CD

the-mediator-cover-300x290

O Sepultura revelou a capa e a lista das faixas do seu novo álbum, The Mediator Between Head and Hands Must Be the Heart, que será lançado em 25 de outubro, via Nuclear Blast Entertainment. A ilustração foi criada pelo artista brasileiro Alexandre Wagner, especializado na técnica de desenho a carvão.

Embora seja inspirado no filme clássico de 1927, Metropolis, de Fritz Lang, o disco não se trata de uma obra conceitual, ao contrário dos anteriores Dante XXI (baseado em A Divina Comédia) e A-Lex (baseado no filme Laranja Mecânica). O álbum foi gravado 40 dias com o mesmo produtor de Roots (1996), Ross Robinson (Korn, Limp Bizkit, Slipknot), em seu estúdio, na Califórnia. Steve Evetts, que também já trabalhou com o Sepultura em Nation (2001), Revolusongs (2002) e Roorback (2003), cuida atualmente da mixagem e masterização.

Além das composições inéditas, o sucessor de Kairos (2011) vai trazer dois covers, um para Da Lama ao Caos (de Chico Science &Nação Zumbi) e outro para Zombie Ritual (do Death). O baterista Dave Lombardo (Philm, ex-Slayer) faz uma participação especial.

A tracklist completa é:

1. Trauma of War
2. The Vatican
3. Impending Doom
4. Manipulation of Tragedy
5. Tsunami
6. The Bliss of Ignorants
7. Grief
8. The Age of the Atheist
9. Obsessed
10. Da Lama ao Caos (Chico Science & Nação Zumbi cover)

Bônus
Stagnate State of Affairs
Zombie Ritual (Death cover)

Fonte: Portal do Inferno